Rádio Líder Online de Acopiara

ACOPIARA: Ricardo Almeida reconhece que o candidato a deputado estadual Dr. Sarto é filho de Acopiara e por isso é uma boa opção para o eleitorado da terrinha votar



O candidato a deputado estadual Ricardo Almeida (PMDB), no comício realizado no bairro Moreira, no último final de semana, estranhamente, pediu votos para o outro candidato filho da terra, Dr. Sarto. Além de reconhecer que Sarto é filho natural de Acopiara, ele também deixou claro que o deputado representa uma grande opção para os eleitores votarem.
A maioria dos aliados políticos de Ricardo Almeida ficou sem entender o que teria motivado o tal discurso.

Alguns deles que estão apoiando candidatos diferentes e de outras regiões entenderam como provocações as palavras de Ricardo aos chamar os concorrentes que não nasceram em Acopiara de forasteiros.
O candidato ainda afirmou que aqueles que não estiverem votando na sua pessoa e na deputada federal Gorete Pereira não representam ser eleitores da família Almeida.
O discurso de Ricardo Almeida atinge e muito o seu sobrinho vereador Will Almeida que não vota, por exemplo, em Gorete Pereira. Wil Almeida trabalha e pede votos para o candidato a deputado federal Odorico Monteiro. Resta saber se o parlamentar deixou de representar a família Almeida quando o assunto é voto.
Cá pra nós
Realmente, parece está um balaio de gatos o relacionamento da família Almeida com os aliados. Eles não entendem que os seus candidatos não são forasteiros como insinuou Ricardo.
Conexão Lindomar Rodrigues

ACOPIARA: SHOW FINAL NO POLO DE LAZER ENCERRA SEMANA DO MUNICÍPIO


O Polo de Lazer de Acopiara se transformou no grande palco que recebeu a festa de encerramento da Semana do Município, promovida pela Prefeitura Municipal, na noite deste domingo (28), apresentando atrações que fizeram milhares de pessoas dançar, cantar e comemorar os 93 anos de história da Terra do Lavrador ao som da Banda Ingroove e Vicente Nery, que levantou o público com seus grandes sucessos. A festa ainda teve uma atração surpresa, a banda acopiarense Forrozão Amor e Pegação.

Mais fotos:

Dilma tem 39%, Marina, 25%, e Aécio, 19%, aponta pesquisa Ibope

TERÇA, 30 DE SETEMBRO
Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (30) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:
Dilma Rousseff (PT): 39%
Marina Silva (PSB): 25%
Aécio Neves (PSDB): 19%
Pastor Everaldo (PSC): 1%
Luciana Genro (PSOL): 1%
Zé Maria (PSTU): 0%*
- Eduardo Jorge (PV): 0%*
Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
Eymael (PSDC): 0%*
Levy Fidelix (PRTB): 0%*
Mauro Iasi (PCB): 0%*
- Branco/nulo: 7%
- Não sabe/não respondeu: 7%

* Cada um dos seis indicados com 0% não atingiu 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo".
No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 23, Dilma tinha 38%, Marina, 29%, e Aécio, 19%.
Segundo turno
Ibope também simulou três cenários de segundo turno. São eles:
- Dilma Rousseff: 42%
- Marina Silva: 38%
- Branco/nulo: 12%
- Não sabe/não respondeu: 8%
- Dilma Rousseff: 45%
- Aécio Neves: 35%
- Branco/nulo: 12%
- Não sabe/não respondeu: 8%
- Marina Silva: 38%
- Aécio Neves: 34%
- Branco/nulo: 16%
- Não sabe/não respondeu: 12%
O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios entre os dias 27 e 29 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00909/2014.
Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:
- Dilma Rousseff (PT): 36%
- Marina Silva (PSB): 21%
- Aécio Neves (PSDB): 16%
- Outros: 1%
- Branco/nulo: 9%
- Não sabe/não respondeu: 1%
Rejeição
De acordo com a pesquisa, a presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.
- Dilma Roussef: 31%
- Marina Silva: 20%
- Aécio Neves: 19%
- Pastor Everaldo: 14%
- Levy Fidelix : 11%
- Zé Maria: 10%
- Eymael: 10%
- Luciana Genro: 9%
- Mauro Iasi: 9%
- Rui Costa Pimenta: 8%
- Eduardo Jorge: 8%
Avaliação do governo
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 38% dos eleitores entrevistados – no levantamento anterior, divulgado no último dia 23, o índice era de 39%. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliam o governo como "ótimo" ou "bom".
Os que julgam o governo "ruim" ou "péssimo" são 28%, segundo o Ibope. Para 33%, o governo é "regular". Os dois índices são os mesmos do levantamento anterior.
O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:
- Ótimo/bom: 38%
- Regular: 33%
- Ruim/péssimo: 28%
- Não sabe/não respondeu: 1%
Expectativa de vitória
O Ibope também perguntou aos entrevistados quem eles acham que será o próximo presidente da República, independentemente da intenção de voto. Para 58%, Dilma sairá vitoriosa; 20% acreditam que Marina ganhará; e 10% apostam na vitória de Aécio; 12% não sabem ou não responderam.
Ibope - 30.9 (Foto: Arte/G1)

Encontrou algum erro? Fale conosco

ACOPIARA; ATENÇÃO PARA INFORMAÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADAOS PELO BB E CAIXA

TERÇA, 30 DE SETEMBRO
Segundo informações obtidas pelo blog com o Gerente da Caixa Econômica de Acopiara, Gleidson Clemente Custódio, os serviços disponíveis para os clientes Caixa, no estado de greve decretado pelo Sindicato dos Bancários do Estado do Ceará e  fenaban (Federação Nacional dos Bancos), são esses: Estão liberados saques e depósitos normalmente, entre outros serviços de autoatendimento nos caixas eletrônicos. Os pagamentos de servidores municipais não serão prejudicados, como também loterias e aposentadorias. Apenas o serviço de atendimento interno, esses sim, estão paralisados. Também conversei com a funcionária do Banco do Brasil Regina, que me comunicou que o mesmo procedimento dos bancos, estão sendo aplicados ao Banco do Brasil de Acopiara, os depósitos é que poderão ser feitos até ás 13 h.  

Uma super semana de pesquisas

TERÇA, 30 DE SETEMBRO
Nesta terça-feira, dentro do Jornal Nacional, será divulgada mais uma pesquisa da corrida presidencial: a do Datafolha. É uma parceria da Rede Globo com a Folha de São Paulo.
O Instituto fez pesquisa com 7.526 eleitores, nesta segunda e terça-feira, sendo que na quarta e quinta o Datafolha fará uma nova consulta. Dessa vez, com 12. 148 eleitores, com resultado saindo na quinta-feira à noite também no Jornal Nacional.
A semana de pesquisas será encerrada sábado, quando Datafolha e Ibope divulgarão pesquisas e prognósticos sobre a sucessão presidencial e sucessão nos Estados, incluindo o Ceará.

30 municípios do Ceará sofrem racionamento de água

Segundo o diretor de operações da Cagece, Josineto Araújo, o motivo da medida é o aumento da temperatura, que faz com que as nascentes sequem. Além disso, ainda conforme ele, poços secaram por falta de recarga com água (Foto: Diário do Nordeste)
TERÇA, 30 DE SETEMBRO
Já são 30 municípios no Ceará, daqueles dependentes do abastecimento pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), que passam por situação de racionamento de água. São mais cinco cidades afetadas pelo problema, em relação ao início do mês de setembro.
A medida implantada pela companhia atinge as cidades de Ararendá, Baixio, Capistrano, Caridade, Catunda, Croatá, Farias Brito, Graça, Hidrolândia, Ipaumirim, Iracema, Irauçuba, Itatira, Martinópole, Mucambo, Mulungu, Novo Oriente, Pacoti, Pacujá, Palmácia, Parambu, Pentecoste, Potiretama, Quiterianópolis, São Luís do Curu, Senador Sá, Trairi, Ubaúna, Umari e Uruoca.
De acordo com Josineto Araújo, diretor de operações da Cagece, o motivo do racionamento nas diversas regiões do Ceará se dá pelo aumento da temperatura, que faz com que as nascentes sequem. "Os mananciais já começaram o ano com uma carga abaixo do normal e sabemos que, quanto maior o calor, maior a evaporação. Além disso, muitos poços secaram, porque não houve a recarga com água", expõe Josineto Araújo.
A principal medida adotada pela Cagece nos municípios afetados foi a organização de rodízios no abastecimento de água, fazendo com que, em cada localidade, áreas diferentes recebam o fluxo de água em dias diversos. "Como foi diminuída a oferta de água, nós divulgamos para a população esse abastecimento em dias alternados", comenta o diretor de operações da Cagece.
Prazos
Josineto Araújo não considera prazos para a duração do racionamento de água, pois afirma que cada cidade possui particularidades específicas em relação à escassez do recurso. Um outro ponto é que, à medida que o problema é resolvido em determinadas localidades, outros municípios também podem começar a sofrer com a falta de água.
Dessa forma, as tentativas de restabelecer o abastecimento normal também acontecem de formas diferentes em cada local. Irauçuba, por exemplo, está à espera do início das operações de uma adutora recém-construída. Segundo Josineto Araújo, tão logo o aparelho comece a transportar água, o município deverá sair da relação das cidades em racionamento.
O Açude Taquara está recebendo interferências durante esta semana para que água seja conduzida para o município de Mucambo. Uma adutora também é construída para abastecer os municípios de Baixio, Ipaumirim e Umari.
"São ações isoladas, cada cidade tem a sua específica. Estamos buscando pelo menos amenizar esse rodízio. Tudo isso vai melhorar o fornecimento de água para essas cidades. A própria Defesa Civil já está agindo naqueles municípios da zona rural que não são abastecidos pela Cagece", conta Josineto Araújo.
Fonte: Diário do Nordeste

Estado tem 62 reservatórios em situação de volume morto

Dos dez açudes situados nos Sertões de Crateús, o Carnaubal está com apenas 0,46% de sua capacidade total. A bacia hidrográfica da região está em pior situação entre todas as monitoradas no Estado (Foto: Luanna Leitão/Diário do Nordeste)
TERÇA, 30 DE SETEMBRO
Dos 149 açudes cearenses monitorados pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Estado (Cogerh), 62 estão com menos de 10% da capacidade, quantidade equivalente ao volume morto. No início de setembro, número de reservatórios nesta condição era de 48.
A taxa atual de armazenagem de água, somando todas as regiões do Ceará, é de 26,2%. Considerando a demanda pelo líquido em diversas utilizações, mais a perda por evaporação, estimativa da Companhia é que o nível chegue a 20% até o fim de dezembro, segundo o órgão.
A situação mais crítica encontra-se na bacia hidrográfica dos Sertões de Crateús, em que nove dos dez açudes supervisionados pela Companhia estão secos. Naquela área, apenas a Barragem do Batalhão, que atende à sede de Crateús, está em condição razoável, com 54% de reserva. Entretanto, este manancial tem baixo potencial de armazenamento e é incapaz de oferecer segurança hídrica à população.
Para tentar minimizar os danos, de acordo com a Cogerh, está sendo construída uma adutora ligando o açude Araras, localizado em Varjota, à cidade da região dos Inhamuns. "Além de Crateús, a adutora também vai abastecer o município de Nova Russas e todos os distritos por onde passar", explica o chefe de gabinete da presidência da Companhia, Berthyer Peixoto. O reservatório do Araras já atende, hoje, à população de Sobral, e está com 14,5% da capacidade.
Providências
Em nível estadual, o governo do Ceará vem adotando uma série de medidas paliativas com o objetivo de atenuar os efeitos causados pela estiagem. De acordo com Berthyer Peixoto, o Estado suspendeu a concessão de novas outorgas para irrigação de culturas temporárias, mantendo apenas as que já existem, com a finalidade de priorizar o abastecimento humano.
Em vários municípios, a principal ação do governo para manter a distribuição de água é a instalação de adutoras de engate rápido, que são montadas e desmontadas conforme a necessidade e representam solução mais imediata. Outra medida difundida pelo Estado tem sido a perfuração de poços.
Em localidades afetadas pela seca que têm menor índice demográfico, o recurso emergencial adotado de maneira preponderante ainda tem sido o carro-pipa, segundo a Cogerh.
A bacia hidrográfica em situação mais confortável hoje no Ceará é a do Alto Jaguaribe, que conta com 47% da capacidade de armazenamento. Em segundo lugar está a bacia do Salgado, com 30,7% do limite.
A reunião do Comitê Integrado de Combate à Seca, realizada rotineiramente às segundas-feiras, e que, portanto, deveria ter acontecido ontem, foi adiada para o próximo dia 7, após as eleições majoritárias e proporcionais. Com isso, nenhuma informação foi repassada sobre o número de municípios que decretaram o racionamento de água.
O titular da SDA, Antônio Amorim, também informou desconhecer os novos números e nem soube pontuar quais as ações que a Defesa Civil do Estado estão implementando para atender às cidades mais atingidas pelo desabastecimento.
Agricultura
Enquanto isso, a Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) disse, ontem, que as perdas provocadas pela restrição hídrica atingem fortemente o setor agropecuário. Segundo informou o assessor de Desenvolvimento Rural da entidade, Nicolas Fabre, produtores de frutas do Vale do Curu já amargam prejuízos consideráveis.
O assessor explicou que os riscos têm sido maior para aqueles que não optaram para a diversificação de culturas, como é o caso do grande produtor, ou mesmo aqueles que não aproveitaram o sortimento de itens disponíveis para a agricultura familiar. Nesse caso, Fabre observa que somente não estão sendo mais penalizados em vista do socorro oriundo da Garantia Safra.
Mais informações:
Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Cogerh)
(85) 3218.7020
http://portal.cogerh.com.br/
Fortaleza-CE
Fonte: Diário do Nordeste

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...