Rádio Líder Online de Acopiara

Penaforte-CE: Jovem acusado de crimes no Pernambuco foi amarrado e morto a tiros no Cariri

Corpo de Givanildo estava amarrado e vestia apenas uma cueca e uma blusa na cor rosa. (Foto: Na Rota das Notícias)
SEXTA, 19 DE SETEMBRO
O corpo do jovem Givanildo Bastos de Oliveira, de 18 anos, foi encontrado em um local ermo no Sítio Juá a uma distância média de 1 km para o novo Posto Fiscal da Receita Estadual de Penaforte. Ele residia na Rua São Luiz (Vila Garrancho) no município de Salgueiro (PE) e apresentava duas perfurações à bala no pescoço, além das mãos amarradas e vestindo apenas uma cueca e uma blusa na cor rosa. Pelas condições do corpo, a perícia disse acreditar que o garoto tenha sido morto pela madrugada no local.
Membros do Conselho Tutelar de Penaforte receberam uma informação anônima sobre o cadáver e avisaram ao Destacamento Militar quando os Soldados Rodrigues, Ferraz, Lacerda e Almeida saíram à procura. Somente por volta das 09h30min conseguiram localizar e acionaram o rabecão a fim de trazer o cadáver para ser necropsiado no IML (Instituto Médico Legal) de Juazeiro. Com a identificação, os militares mantiveram contato com a polícia de Salgueiro.
Eles souberam que Givanildo tinha várias passagens pela polícia pernambucana e respondia por crime de porte ilegal de arma de fogo. Além disso, era usuário de drogas e suspeito de envolvimento em furtos e roubos desde a menor idade. Foi o terceiro homicídio do ano em Penaforte. O último deles completou um mês nesta quarta-feira (17) quando morreu no Hospital Regional do Cariri em Juazeiro, Célio Roberto Borges Ribeiro, de 43 anos, vítima de espancamento onde residia no Sítio Areias no dia 9 de agosto.

Cid pede a STF, PGR e PF que neguem sua relação com denúncias publicadas pela IstoÉ

SEXTA, 19 DE SETEMBRO 
O governador Cid Gomes (Pros) enviou ofício ao ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), ao procurador geral da República, Rodrigo Janot, e à Diretoria Geral da Polícia Federal pedindo que as instituições neguem o envolvimento dele em esquema de corrupção na Petrobras. Segundo a revista IstoÉ desta semana, Cid foi citado pelo ex-diretor de Abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa, entre os supostos beneficiários de propinas.
“A revista colocou uma flagrante mentira, dizendo que meu nome estaria envolvido num processo que corre sob segredo judicial”, disse o governador ontem durante inauguração de escola de educação profissional em Iguatu. Cid afirmou que está sendo vítima de uma falsa notícia assim como em 2010, quando foi citado em denúncia feita pela revista Veja.
“Essa mesma coisa já aconteceu há quatro anos atrás, e eu consegui na época uma declaração da Polícia Federal de que eu não tinha nenhum envolvimento. Agora, como o processo corre em segredo de justiça, eu não consigo pegar essa declaração”, disse Cid.
Em setembro de 2010, durante a campanha de Cid pela reeleição, a revista Veja acusou o governador e seu irmão Ciro Gomes de participar de suposto esquema que, entre 2003 e 2009, teria desviado R$ 300 milhões de prefeituras cearenses. Cid e Ciro rechaçaram a denúncia e o governador pediu à Polícia Federal que se manifestasse. A PF informou, então, que os irmãos Gomes não estavam envolvidos no caso.
“Clara armação”
Na entrevista em Iguatu, Cid declarou que está sendo vítima de uma “clara armação” e justificou a ação judicial que moveu contra a IstoÉ, que resultou na proibição de sua circulação em todo o país. A proibição foi derrubada na última quarta pelo ministro do STF, Luís Roberto Barroso.
“Eu pessoalmente acho que é um absurdo você caluniar, sem direito de defesa, qualquer pessoa. Eu fui atrás dos meus direitos. Eu tenho uma honra e essa honra não pode ser atacada de forma leviana, de forma absolutamente caluniosa e mentirosa, para mim numa clara armação, que repete o mesmo processo que aconteceu em 2010”, afirmou Cid.
“O que é que deu a historia da Veja? Se eu tivesse alguma coisa, eu já devia estar preso. Mas é claro que eu não tinha nenhuma relação, do mesmo jeito agora de novo, que tentaram envolver meu nome num escândalo que é nacional”, completou o governador. ”
(O POVO, com informações da Jangadeiro FM de Iguatu)

Datafolha – Dilma recupera terreno sobre adversários

canditatos
SEXTA, 19 DE SETEMBRO
“Vítima da máquina de propaganda petista, Marina Silva perdeu três pontos porcentuais e viu a distância em relação a Dilma Rousseff (PT) aumentar, aponta pesquisa Datafolha. A candidata do PSB, alvo de ataques constantes desde que sua ascensão na disputa passou a ameaçar a reeleição de Dilma, está agora a sete pontos da petista no primeiro turno. A margem de erro da consulta é de dois pontos.
De acordo com o levantamento, divulgado nesta sexta-feira pelo jornal Folha de S. Paulo, Dilma e Marina saíram da condição de empate técnico e a petista agora lidera com 37% das intenções de voto, contra 30% da candidata do PSB. Aécio Neves (PSDB) subiu dois pontos e tem 17%. Votos brancos e nulos somam 6% e outros 7% não sabem em quem votar. Na pesquisa divulgada na semana passada, Dilma tinha 36%, Marina, 33%, e Aécio, 15%.
Segundo turno
A recuperação da campanha de Dilma também se reflete no cenário de segundo turno. Segundo o Datafolha, Marina continua numericamente à frente da petista, mas a distância nunca foi tão pequena. Na projeção, a candidata do PSB tem 46% contra 44% – um empate técnico. Na pesquisa anterior, a vantagem de Marina era de quatro pontos (47% a 43%), e no final de agosto, era de dez (50% a 40%). Na simulação entre Dilma e Aécio, a petista vence por 49% a 39%. O Datafolha também testou o cenário entre o tucano e Marina, com vitória da candidata do PSB por 49% a 35%.”
(Veja Online)

Esse tal segredo de justiça

SEXTA, 19 DE SETEMBRO
Com o título “Esse tal segredo de justiça”, eis artigo de José Nilton Mariano Saraiva, economista e aposentado do BNB. Ele aborda o caso que envolveu o governador Cid Gomes e denúncias feitas pela revista IstoÉ e, também, decisão da Justiça de ter barrado a circulação da revista, o que acabou reparado pelo STF. Confira:
Plantonista de final de semana do Tribunal de Justiça do Ceará, a juíza de primeira instância da 3ª Vara da Família, de Fortaleza, Maria Marleide Maciel Queiroz, nunca imaginou que ficaria conhecida não só no Brasil, mas internacionalmente (e de forma negativa) ao, em atendimento à solicitação do governador Cid Gomes proibir a circulação, em todo o País, da revista semanal ISTOÉ (contendo reportagem-denúncia sobre seu envolvimento no caso Petrobrás); e, ainda por cima, ao ceder ao pedido do governador para que enquadrasse a questão como “segredo de justiça” e, portanto, circunscrita a uns poucos.
De pronto, tal ato foi repudiado por gregos e troianos. A Associação Nacional dos Jornais entendeu que a medida foi uma censura prévia e classificou a decisão da juíza de lamentável; a Associação Nacional de Editores de Revistas tachou-a como um “flagrante desrespeito à Constituição no tocante à liberdade de expressão e pensamento”; ao fim, acionado pela revista, o Ministro Luiz Roberto Barroso, do STF, derrubou a liminar concedida pela juíza, por considerar importante e fundamental a liberdade de imprensa para a construção da democracia. Portanto, a emenda saiu pior que o soneto (um autêntico gol contra), já que atraiu os holofotes sobre a face autoritária de Sua Excelência e se tornou verdadeira coqueluche na Internet (redes sociais).
A propósito, com relação à tentativa frustrada do Governador do Ceará de “ocultar” seu gesto autoritário (com a anuência da magistrada em questão) através do tal “segredo de justiça”, convém lembrar que, ano passado, o jornalista Ricardo Boechat, âncora do Jornal da Band, ao ser processado pelo governador, também sob “segredo de justiça”, abriu mão de tal receituário jurídico ao “botar a boca no mundo” em seu programa radiofônico: “Ser processado por alguma crítica ou opinião é do jogo. Mas o sigilo eu não concordo e por isso resolvi contar sobre o processo no ar. Somos duas figuras públicas. Por que pedir o sigilo? É medo de que se revele alguma coisa errada? Com isso não concordo e não vou guardar sigilo”, afirmou. Boechat responde processo por ter criticado Cid no episódio da contratação de show da cantora Ivete Sangalo para inaugurar o Hospital Regional de Sobral.
Para reflexão, fica a pertinente indagação de Boechat: “Somos duas figuras públicas. Por que pedir o sigilo? É medo de que se revele alguma coisa errada? Com isso não concordo e não vou guardar sigilo”.
* José Nilton Marinao Saraiva,
Economista e aposentado do BNB.

Flamengo abre dois gols, mas cede empate ao Palmeiras no Pacaembu

Flamengo e Palmeiras fizeram um jogo com um tempo para cada um (Foto: Eduardo Viana/LANCE!Press)
Quarenta e cinco minutos de bom futebol para cada lado. Essa foi a tônica do empate por 2 a 2 entre Palmeiras e Flamengo, nesta quarta-feira, no Pacaembu. Com gols de Canteros e Alecsandro, o Rubro-Negro teve primeiro tempo avassalador, mas no intervalo, já com Valdívia, o Alviverde acordou e empatou com gols de Diogo e Victor Luís. Expulsão do chileno definiu igualdade no placar.
No próximo domingo, o Flamengo terá o clássico diante do Fluminense, no Maracanã. Se vencer, pode colar de vez no grupo que disputa uma vaga na Libertadores. Enquanto isso, o Palmeiras segue o calvário buscando sair da zona de rebaixamento no mesmo dia, fora de casa, contra o Goiás. O Verdão precisa vencer desesperadamente.
Fonte: Lancenet

Coritiba vence São Paulo de virada e Cruzeiro volta a disparar na ponta

Joel disputa bola com Alvaro Pereira (Foto: Felipe Gabriel/LANCE!Press)
O Coritiba surpreendeu e venceu o São Paulo, de virada, por 3 a 1, nesta quarta-feira, no Couto Pereira, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Coxa saiu da zona de rebaixamento da competição. Desde a quarta rodada o clube estava entre os quatro piores do campeonato. Já o São Paulo interrompeu uma sequência de dez jogos sem perder, mas segue como vice-líder. A diferença para o Cruzeiro, porém, voltou para sete pontos, já que a Raposa derrotou o Atlético-PR por 2 a 0.
Com o resultado, o São Paulo permaneceu com 42 pontos e segue na vice-liderança. Já o Coritiba saiu da zona de rebaixamento. O Tricolor volta a campo neste domingo, quando enfrenta o Corinthians, na Arena Corinthians, às 16h de domingo. Será o primeiro clássico entre os rivais no novo estádio alvinegro. Já o Coxa pega o Sport na Ilha do Retiro um dia antes, sábado, às 18h30.
Fonte: Lancenet

Mais de 90% do queijo de coalho têm produção ilegal

Queijarias têm aproveitado melhor o leite fabricado nas bacias do Interior (Foto: Melquíades Júnior/Diário do Nordeste)
Mais de 90% do queijo artesanal comercializado no Estado não têm registro de inspeção sanitária. São mais de 500 queijarias funcionando apenas no Estado, enquanto os registros para mercado não ultrapassam o número de 50.
Neste ano, já foram apreendidos 2,5 toneladas de queijos, e destinados à incineração, número que não para de crescer, apesar dos esforços para a regulamentação dos estabelecimentos no Interior do Estado.
O presidente da Adagri, Augusto Júnior, disse que o crescimento da produções de queijos artesanais é um forte desafio para a ação do órgão, que, além de seus quadros, conta com o apoio das Polícias Rodoviárias Estadual (PRE) e Federal (PRF). Segundo ele, a ação não poderia ter 100% de eficiência, diante da prática que ocorre numa grande extensão territorial.
Isso se dá porque, além do âmbito no comércio estadual, em que os produtos de origem animal devem apresentar registro junto ao Serviço de Inspeção Estadual (SIE), a vigilância também verifica os selos do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e Serviço de Inspeção Federal (SIF), quando o comércio extrapola os limites ou divisas, respectivamente, das áreas de vigilância sanitária.
Controle

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...