Rádio Líder Online de Acopiara

Caixa publica orçamento operacional do FGTS

06 DE MAIO, SEXTA-FEIRA
A Caixa Econômica Federal publicou hoje (6) no Diário Oficial da União um novo orçamento operacional do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para 2016, dividido por programas e unidades da Federação. A distribuição de recursos soma R$ 66,56 bilhões.
A circular estabelece, por exemplo, que foram destinados, no máximo, R$ 24,2 bilhões para a concessão de financiamentos – a pessoas físicas ou jurídicas – que beneficiem famílias com renda mensal bruta limitada a R$ 3,6 mil.”
(Agência Brasil)

Uma viúva a menos de Cunha

O deputado federal Moses Rodrigues manda nota garantindo não ser da tropa de choque de Eduardo Cunha, afastado da presidência da Câmara. Confira:
Hoje pela manhã deparei-me com um engano da sua parte. Com o título “Viúvas de Cunha”, o senhor afirma que faço parte de uma “tropa de choque” e que nunca deixei de apoiar as peripécias do finado Cunha.
Veja bem, já em 2015, quando ainda era filiado ao PPS, dei entrada no STF com um pedido de afastamento de Eduardo Cunha, que nessa época ainda era aliado da presidente Dilma (PT). Demorou, mas se concretizou o afastamento.
Quero ainda dizer que já votei contra projetos de Eduardo Cunha, como na ocasião em que fui contrário ao Projeto de Lei Nº 2.960/15, aquela proposta de regularização de bens lícitos enviados ao exterior sem a devida declaração à Receita Federal, a chamada repatriação de recursos.
Portanto, aproveito o espaço do seu blog para esclarecer e reafirmar que sou oposição ao governo Dilma, contudo, não tenho corrupto de estimação.
*Moses Rodrigues
Deputado Federal.
Nota para o blog do Eliomar de Lima


Comissão do Impeachment no Senado vota parecer pela admissibilidade do processo

A visitação ao Senado estará suspensa nesta sexta-feira (6), quando a Comissão Especial do Impeachment fará a votação do relatório do senador Antonio Anastasia favorável à admissibilidade do processo contra a presidente Dilma Rousseff.
Para evitar qualquer tipo de perturbação e manifestações que possam constranger os senadores, o acesso à Casa estará permitido apenas a pessoas devidamente credenciadas e portando crachás, como assessores, funcionários e jornalistas. A imprensa não precisará de credencial especial, mas usará a emitida regularmente pela Polícia Legislativa.
A reunião de votação do parecer deverá começar às 10h com os encaminhamentos dos líderes partidários, que terão direito a 5 minutos para defender uma posição e orientar seus partidos ou blocos partidários. Ao todo, são cerca de dez líderes que terão direito à palavra para encaminhamento.
Em seguida, será iniciada a votação do relatório pelo painel eletrônico da sala onde funciona a Comissão de Constituição e Justiça. Votado o relatório do senador Anastasia, se ele for aprovado, o voto em separado apresentado ontem pela base governista será automaticamente considerado rejeitado.
A expectativa é de que a reunião da comissão prossiga até o começo ou o meio da tarde. Depois disso, a decisão será publicada no Diário do Senado. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), já anunciou que fará a leitura da decisão da comissão, em plenário, na segunda-feira (9). Se o relatório de Anastasia for aprovado, Renan terá 48 horas após a leitura para marcar a votação no plenário do Senado.
(Agência Brasil)

Governo do Ceará elabora o Plano Estadual de Energias Renováveis

eolica
SEXTA-FEIRA, 06 DE MAIO
O governador Camilo Santana (PT) vai lançar, até fim de junho, o Plano Estadual de Energias Renováveis. O documento vem sendo elaborado pela área econômica do Estado.
Poucos são os detalhes acerca do plano, mas setores do Palácio da Abolição garante que será “o marco regulatório” para a atração de novos projetos nos nichos eólico e solar.

ACOPIARA-CE: SEPULTAMENTO DA JOVEM KARINA SERÁ AMANHÃ NO CEMITÉRIO LOCAL



O corpo da jovem Karina Firmino, 21 anos, assassinada na noite de ontem (5), em Acopiara, já está sendo velado na residência dos avós localizada na vila Ipiranga. 
Segundo informações de familiares o sepultamento será nesta sexta-feira, dia 06, às 8 horas da manhã no cemitério Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Antes haverá uma celebração no local do velório.

Cunha estaria articulando para que Câmara não acate decisão do STF que o afastou da presidência

“Vice-líder do governo na Câmara, o deputado Silvio Costa (PTdoB-PE) disse hoje (5) que está preocupado com o que chamou de “a última cartada” que estaria sendo preparada por Eduardo Cunha (PMDB-RJ), com a ajuda de advogados e aliados, para que a Câmara não acate a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que o afastou da presidência da Casa. De acordo com Costa, Cunha usa a jurisprudência criada no caso Natan Donadoni, segundo a qual a prerrogativa para cassação de mandato seria do plenário da Casa.
“Cunha está tentando usar essa jurisprudência para escapar, sob o argumento de que não foi condenado”, disse o líder do governo. Em outra frente, Cunha já estaria atuando para que, em uma eventual eleição para a presidência da Câmara, emplacar um de seus candidatos. “Ele já tem três candidatos: Jovair Arantes (PTB-GO), André Moura (PSC-SE) e Rogério Rosso (PSD-DF)”, afirmou Silvio Costa.
Conforme o vice-líder, em meio ao furacão causado pelo afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara, o presidente interino da Casa, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), pediu que os deputados tenham serenidade para conduzir os trabalhos. Para Silvio Costa, a disputa entre Maranhão e Eduardo Cunha para definir quem ocupará o cargo “já começou”, uma vez que, em conversa nesta quinta-feira com o interino, ouviu dele argumentações contrárias à eleição que definiria o futuro ocupante do posto.”
Agência Brasil

Deputado cearense se diz arrependido de ter votado em Cunha


O deputado federal Cabo Sabino (PR) disse, nesta quinta-feira, que estava arrependido de ter votado em Eduardo Cunha (PMDB/RJ) para presidente da Câmara dos Deputados. Cunha foi afastado pelo ministro do STF, Teori Zavascki, por envolvimento na Operação Lava Jato.

Cabo Sabino deixou claro que, na época em que endossou Cunha, não havia as denúncias expostas hoje contra o parlamentar. Ele, no entanto, observou que é preciso passar pelo crivo da Câmara a casação de Eduardo Cunha.

Vice do PMDB do Ceará não se surpreende com afastamento de Cunha

gaudenciooo
O vice-prefeito de Fortaleza, Gaudência Lucena, também vice-presidente do PMDB do Ceará, não se surpreendeu com a decisão tomada pelo ministro Teori Zavascki (STF) de afastar Eduardo Cunha (PMDB/RJ) da presidência da Câmara.
“Nós não ficamos surpresos. Já havia processo nesse sentido”, diz Gaudêncio, sem maiores comentários.
Teori Zavascki, que é relator da Operação Lava Jato no STF, determinou o afastamento de Cunha do mandato de deputado federal e, em consequência, da presidência da Câmara. O ministro atendeu a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que apresentou denúncia acusando Cunha de tentar interferir na condução das investigações da Operação Lava Jato.
Cunha informou que vai recorrer da decisão. Mesmo afastado do mandato, ele permanece como deputado e com foro privilegiado.

Dilma comemora saída de Cunha: “Antes tarde do que nunca!”

foto dilma video 160415
“A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, 5, que o afastamento do cargo do presidente da Câmara dos Deputados,Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ocorreu “antes tarde do que nunca”. Dilma lamentou que Cunha tenha conseguido presidir “na cara de pau” a sessão da Câmara que aprovou o “lamentável” prosseguimento do processo de impeachment. A liminar foi concedida pelo ministro Teori Zavascki e ainda precisa ser analisada pelo plenário do Supremo.
“Hoje, antes de sair de Brasília, soube que o Supremo Tribunal Federal tinha afastado o senhor Eduardo Cunha alegando que ele estava usando seu cargo para fazer pressões, chantagens. A única coisa que eu lamento, mas eu falo antes tarde do que nunca, é que infelizmente ele conseguiu e, vocês assistiram, ele presidindo na cara de pau o lamentável processo [de impeachment] na Câmara”, afirmou Dilma, durante a cerimônia de início da operação comercial da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, em Vitória do Xingu, no Pará.
Para Dilma, a admissibilidade do pedido de afastamento foi uma “chantagem” de Cunha. “Na verdade, o início desse impeachment foi uma chantagem do senhor Eduardo Cunha, que pediu para o governo votos para impedir seu próprio julgamento na Comissão de Ética da Câmara. Nós não demos os votos. Ele entrou com o pedido de impeachment. Esse impeachment é um claro desvio de poder, porque ele usa seu cargo para se vingar de nós porque nós não nos curvamos às chantagens dele.”
Afastamento de Cunha
Zavascki, que é relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, determinou o afastamento de Cunha do mandato de deputado federal e, em consequência, da presidência da Câmara. O ministro atendeu a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que apresentou denúncia acusando Cunha de tentar interferir na condução das investigações da Operação Lava Jato. Cunha informou que vai recorrer da decisão. Mesmo afastado do mandato, ele permanece como deputado e com foro privilegiado.
(Agência Brasil)

E por falar em Brasília…

cunhhahd

Em decisão unânime, STF afasta Cunha

O Supremo Tribunal Federal (STF), composto por 11 ministros, validou por unanimidade a decisão liminar do ministro Teori Zavascki, que determinou a suspensão do mandato do deputado Eduardo Cunha. O deputado também foi afastado da presidência da Câmara. O ministro atendeu a um pedido liminar feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em dezembro do ano passado.
A maioria referendou a liminar de Zavascki e concordou que Cunha não tem condições de ocupar o cargo de presidente da Câmara. Segundo o relator, o parlamentar atua com desvio de finalidade para promover interesses espúrios. Zavascki citou casos envolvendo a CPI da Petrobras e o processo a que Cunha responde no Conselho de Ética da Câmara, nos quais o deputado é acusado de usar requerimentos apresentados por aliados para se beneficiar.
Em seu voto, Cármen Lúcia destacou que o Supremo resguardou na decisão os princípios e regras que devem ser aplicadas na Câmara dos Deputados. "A imunidade referente ao cargo e aqueles que o detém não pode ser concluída, em nenhum momento, por impunidade ou possibilidade de vir a ser. Afinal, a imunidade é uma garantia. O que a República não comporta é privilégios", disse.
Para o ministro Marco Aurélio, as acusações contra Cunha justificaram a medida excepcional da Corte. “Os indícios, as práticas implementadas estariam a direcionar uma iniciativa não drástica, porque é uma medida cauteladora prevista e implementou o afastamento em pleno exercício do mandato”.
Celso de Mello disse que as acusações contra Eduardo Cunha mostram que a corrupção foi impregnada no Estado e se caracteriza como uma conduta endêmica. “As práticas ilícitas perpetradas por referidos agentes, entre os quais figura o senhor presidente da Câmara dos Deputados, teria um só objetivo, o de viabilizar a captura das instituições governamentais por uma determinada organização criminosa, constituída para dominar os mecanismos de ação governamental em detrimento do interesse público,” argumentou.
Em seu voto, Lewandowski rebateu críticas sobre a suposta demora do Supremo em julgar o pedido de afastamento de Cunha, protocolado em dezembro do ano passado pela Procuradoria-Geral da República. Segundo o presidente, o Judiciário é atento aos acontecimentos, mas a prestação jurisdicional é feita no devido tempo. "É preciso ressaltar que o tempo do Judiciário não é o tempo da política e nem é o tempo da mídia. Nós temos ritos, temos procedimentos, temos prazos que devemos observar", disse.
Acompanharam o relator os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Cármen Lúcia, Marco Aurélio, Gilmar Mendes, Celso de Mello e o presidente, Ricardo Lewandowski.

ACOPIARA-CE: REUNIÃO DA FCDL UNE EMPREENDEDORISMO E SEGURANÇA NA PAUTA DA TERRA DO LAVRADOR

freitas
04 DE MAIO, QUINTA-FEIRA
Com a presença do Sr. Prefeito Municipal, Vilmar Félix Martins, o Presidente da CDL local o empresário José Leite da Cruz, delegada regional Dra. Patrícia Sena, vereadores, comerciários, servidores, secretários, comando de polícia de Iguatu, e sociedade civil organizada, foi aberta ontem a noite pelo presidente da CDLs do ceará, Francisco Freitas Cordeiro, a pauta acopiarense de empreendedorismo e do projeto "Caminho do Sol", projeto este de sustentabilidade através do sistema de energia solar renovável estendido para empresários de todo o estado, didaticamente explorado pelo presidente da federação (FCDL), Francisco Freitas Cordeiro, ontem á noite no Liceu, com patrocínio de 80% do projeto via Banco do Brasil. A Jornada da  integração que está percorrendo  todo o estado, Cariri, Sertão Central, Inhamuns, Ibiapaba, Sertão Centro Sul, 14 cidades ao todo serão visitadas de maio a novembro, num total de 107 municípios, 81 CDLs, 26 núcleos, 19.786 associados. 
- No segundo intervalo da pauta, o presidente da CDL de Acopiara, José Leite Cruz, apresentou um projeto ao Sr. prefeito municipal Dr. Vilmar, para a vinda de uma fábrica, utilizando os galpões do Sr. Antonio Rufino (In memoriam), a boa quantidade de água, e espaço. O documento apresentado ao público local, foi entregue a quem de direito e será levado até o Sr. Governador Camilo Santana.
- No terceiro intervalo de pauta, o comando de polícia de Iguatu, e a Dra. Patrícia, delegada regional,  falaram da violência local, e de um documento que será levado ao Secretário de Segurança do Estado para a implantação de câmeras (Vídeo Monitoramento) na cidade de Acopiara e na criação do Conselho Municipal de Segurança. Infelizmente não ouvimos o Sr Prefeito. No momento da pauta sobre a violência e os roubos praticados por marginais aqui na terra do lavrador acontecia mais um crime bárbaro, a jovem Karina Firmino foi lesionada a bala, vindo a óbito, deixando todos na reunião atônitos com o ocorrido.
vejam fotos: 
Prefeito Dr. Vilmar, Presidente da FCDL Francisco Freitas Cordeiro, Presidente da CDL José Leite Cruz, Dra. Patrícia Sena delegada regional, abrem a pauta da FCDL de Acopiara.























Pedra Branca vira exemplo para o Brasil no combate ao mosquito

(Foto: Reprodução)
Ciclos mensais de visita às casas (ciclo menor do que recomendado pelo Ministério da Saúde que é de dois meses); monitoramento ambiental por meio de Ovitrampas (armadilhas para captura de ovos de mosquitos); Laboratório Municipal para análise dos ovos de mosquitos; trabalho mecânico de eliminação de criadouros a partir da priorização do monitoramento ambiental/laboratorial e uso da Piaba Rabo de Fogo nos reservatórios sem tampa. Estes são alguns dos "segredos" do município de Pedra Branca, distante 262 Km de Fortaleza, no controle do Aedes aegypti e que fez da cidade um exemplo para o restante do Brasil, atraindo a atenção de pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz).
De acordo com o coordenador da entidade no Estado do Ceará, Fernando Carneiro, a visita permitiu ver de perto medidas simples, mas que bem planejadas podem ter alto impacto. "Indicamos Pedra Branca para apresentar seu exemplo para todos os secretários de Estado de Saúde do Brasil na Plenária do Conselho Nacional (Conass) no final de março em Brasília, o que foi muito bem recebido", comentou o gestor. A experiência bem sucedida já começa a ser implementada no município do Tauá.
Investimentos
Sobre isso, Fernando informa que a Fiocruz Ceará elaborou um Projeto de Pesquisa-Ação em parceria com o município, a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), grupo de trabalho de Saúde e Ambiente e o Conass e começou a implantar um modelo de controle do Aedes inspirado na experiência de Pedra Branca. O pesquisador entende como equivocada a política de saúde pública apoiada no uso de venenos no combate ao vetor.
Para ele, é preciso encarar o desafio do saneamento ambiental no Brasil. "Vencemos o Aedes por duas vezes, mas agora, com todos os planos e como a erradicação não mais possível, qual o nosso desafio para controlá-lo?", questiona. A resposta, aponta, não está no fumacê e nem larvicida químico, mas em investimento em saneamento básico e políticas públicas que não acabem na próxima gestão municipal, como faz Pedra Branca e, agora, Tauá.
Fonte: Diário do Nordeste

Mega-Sena pode pagar R$ 31,5 milhões nesta quinta-feira

Mega-Sena pode pagar R$ 31,5 milhões nesta quinta-feira (Foto: Reprodução)
A Caixa Econômica Federal sorteia nesta quinta-feira (5) as seis dezenas do concurso 1.815 da Mega-Sena. O sorteio será realizado às 20h (horário de Brasília) no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo (SP).
O prêmio principal está acumulado desde o concurso 1.811 e poderá pagar um prêmio de R$ 31,5 milhões.

Se apenas um ganhador levar o prêmio principal da Mega-Sena e ele aplicar todo o valor na poupança, receberá R$ 198 mil em rendimentos mensais. Caso prefira investir em bens, poderá comprar 39 imóveis de R$ 800 mil cada ou sete helicópteros, nas contas da Caixa.
Este é o segundo concurso da semana especial do Dia das Mães, que terá ainda mais um, no sábado (7).
A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 (para jogo com seis dezenas) e pode ser efetuada em qualquer uma das mais de 13 mil lotéricas do país até uma hora antes do sorteio.
A chance de acertar as seis dezenas é de uma em 50 milhões.
Fonte: UOL

Substituto de Cunha é acusado de corrupção e votou contra impeachment

Aliado de Cunha, vice-presidente da Câmara é investigado pela Operação Lava Jato (Foto: Antonio Augusto/ Câmara dos Deputados)
Com o afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de seu mandato como deputado federal imposto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a partir desta quinta-feira (5), quem assume o comando da Câmara dos Deputados é o primeiro vice-presidente da Casa, o parlamentar Waldir Maranhão (PP-MA).
Maranhão, considerado aliado de Cunha, foi alvo de holofotes recentemente após votar contra o prosseguimento do processo de impeachment de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados. Isso porque Waldir mudou de voto em cima da hora, contrariando a orientação nacional do PP. Devido à atitude, o deputado foi destituído da presidência do diretório estadual do partido no Maranhão. 
Em sua trajetória política, Waldir Maranhão está em seu terceiro mandato como deputado federal. Ele também é alvo de inquérito aberto com a Operação Lava Jato da Policia Federal, que investiga esquema de corrupção, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro com recursos desviados da Petrobras. O parlamentar foi citado por Alberto Youssef como um dos deputados do PP beneficiados por propinas de contratos da Petrobras.
Waldir Maranhão é citado, ainda, em inquéritos que apuram crime de lavagem de dinheiro no esquema investigado pela Operação Miqueias da Policia Federal, que trata de desvio de recursos de fundos de pensão e lavagem de dinheiro.
Pendências
Maranhão também traz no currículo outros questionamentos judiciais e eleitorais. Em 2010, teve rejeitada a prestação de contas referente às eleições para deputado federal por recebimento de recurso de fonte não identificada. Recorreu da decisão, mas perdeu, de acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA). 
Ainda no TRE-MA, o deputado responde a uma representação movida pelo Ministério Público Eleitoral por captação ilícita de recursos. O processo corre em sigilo. Já no Tribunal de Justiça do Maranhão, o agora presidente interino da Câmara responde a ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual.
Agência Brasil

Flamengo perde para o Fortaleza e sai em desvantagem na segunda fase


Fla precisa vencer o jogo de volta para se classificar (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)

Mesmo com tempo para trabalhar após a eliminação no Campeonato Carioca, o Flamengo não mostrou evolução e perdeu por 2 a 1 para o Fortaleza, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. Com o resultado, os rubro-negros vão precisar vencer o duelo de volta para avançar para a Terceira Fase da competição nacional.
Os rubro-negros sofreram com a armação das jogadas e viram o Fortaleza ser mais perigoso na partida. Os donos da casa abriram o placar no primeiro tempo com Anselmo. O peruano Guerrero empatou o jogo na etapa final para o Flamengo. No entanto, Felipe marcou belo gol e decretou a vitória dos cearenses.
O Flamengo terá dez dias para trabalhar, pois só volta a campo na estreia do Campeonato Brasileiro, no dia 14, contra o Sport, em Volta Redonda. O confronto de volta contra o Fortaleza será somente no dia 18, também no Raulino de Oliveira.

Uber precisa ser regulamentado

Com o título “Uber e a necessidade de regulamentação”, eis artigo de Mário Jatahy de Albuquerque Júnior, presidente da Comissão Especial de Assuntos e Estudos sobre Direito de Trânsito e Tráfego da OAB do Ceará. Ele aborda a polêmica do momento, que é o aplicativo Uber, alvo de protesto dos taxistas de Fortaleza. Confira:
A OAB-CE, observando o artigo 30 inciso V da constituição federal, que diz que cabe aos municípios organizar os serviços públicos de interesse local e a lei de mobilidade urbana (lei 12.587), destaca que no artigo 12 a legislação é cristalina em dizer: “Os serviços de utilidade pública de transporte individual de passageiros deverão ser organizados, disciplinados e fiscalizados pelo poder público municipal, com base nos requisitos mínimos de segurança, conforto,higiene, qualidade dos serviços e fixação prévia dos valores máximos das tarifas a serem cobradas”.
Portanto, não há dúvida de que o Uber precisa ser regularizado para atender a legislação existente. Hoje, ele não atende em nenhum item o que reza a lei. Ao contrário do que está sendo colocado por alguns, de que o mesmo obedece legislação federal, a verdade é que não obedece. A legislação precisa ser municipal.
Todos os demais serviços, inclusive o de mototáxi, são regulamentados. Como fazer política pública e plano de mobilidade sem saber quantos carros rodam? Quais os horários de atendimento? Qual a segurança para o passageiro de que o motorista é realmente capacitado? Sem regulamentação o serviço é pirata.
Além dessas questões, precisa ser esclarecida a relação de trabalho entre o motorista e a empresa, para que sejam recolhidos os devidos impostos e a legislação pertinente seja obedecida. Esta sim, federal.
A OAB está programando uma audiência pública para discutir o caso, tendo em vista a complexidade envolvida nesta disruptura. Assim, poderemos elucidar essas e outras questões, além de discutir como o serviço deve ser regulamentado pela Câmara de Vereadores.
*Mário Jatahy de Albuquerque Júnior,
Presidente da Comissão Especial de Assuntos e Estudos sobre Direito de Trânsito da OAB do Ceará.

Para Chico Lopes, afastamento de Cunha anularia impeachment de Dilma

foto chico lopes
“Lamentamos que só agora o STF tenha tomado essa decisão, pedida pela Procuradoria Geral da República desde dezembro. Cunha praticou desde sempre todos os 11 atos citados na decisão de hoje do ministro Teori para fundamentar o afastamento do mandato. E fez isso não apenas na sua própria defesa no Conselho de Ética, mas também pressionando e coagindo deputados para votarem a favor do golpe no dia 17/4″, disse, nesta quinta-feira, em Brasília, o deputado federal Chico Lopes (PCdoB).
O parlamenta saudou a decisão do ministro Teori e espera que o plenário do STF a confirme na tarde desta quinta-feira.
“Consideramos que todos os atos praticados pelo presidente Eduardo Cunha nesse período, desde o pedido de afastamento em dezembro, foram ilegítimos e devem ser anulados, inclusive o processo de condução do impeachment de Dilma, porque ele abriu o processo como vingança, declaradamente, e constrangeu os parlamentares para votar como ele queria, dessa forma detalhada nos 11 pontos citados agora pelo STF”, complementou Chico Lopes.

De ex-governador a mecenas

gm
O ex-governador Gonzaga Mota vai inaugurar, no fim deste mês, a Livraria dos Escritores do Ceará.
O equipamento ocupará o antigo escritório político de Mota, que vem se dedicando, desde que largou a política partidária, à literatura.
“Essa foi uma forma que encontrei de apoiar nossos escritores que, por dificuldades financeiras, não têm como publicar e lançar livros. Vamos trabalhar nessa área”, adianta o ex-governador.



SERVIÇO
Livraria dos Escritores do Ceará – Rua Nunes Valente, 3291 – Dionísio Torres.

Eduardo Cunha deve recorrer da decisão

“O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que teve o mandato suspenso na manhã de hoje (5) pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, está reunido com seus advogados e com deputados na residência oficial da presidência da Câmara e disse que vai apresentar recurso da decisão. Cunha está com o deputado Paulinho da Força (SD-SP) e Benjamin Maranhão (SD-PB).
De acordo com sua assessoria, Cunha permanecerá na residência oficial até o julgamento de outra ação no STF, marcado para a tarde de hoje, quando os ministros julgam ação aberta pelo partido Rede, que também pediu à Corte o afastamento de Cunha da presidência da Câmara com base no argumento de que ele não poderia estar na linha de sucessão presidencial, uma vez que é réu na Justiça.
Cunha foi notificado por volta das 7:30 da manhã da decisão do ministro Teori Zavascki, que deferiu uma liminar determinando a suspensão do mandato de Cunha em atendimento a um outro pedido de afastamento do parlamentar, que havia sido feito em dezembro pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Janot argumentou em seu pedido que Cunha se valia do cargo de presidente da Câmara para constranger deputados e atrapalhar o processo de cassação de seu mandato, em tramitação no Conselho de Ética da Casa.
A segurança foi reforçada em frente à residência oficial de Cunha, onde se aglomera uma grande quantidade de jornalistas e começam a chegar manifestantes contrários à Cunha.”
(Agência Brasil)

CATARINA-CE: Arma, drogas e dinheiro: Polícia Militar de Catarina e FTA de Tauá prendem acusados de assaltos

Foto - Petrônio Furtado / Blog do Diomar Araujo
Uma ação conjunta da Policia Militar de Catarina com apoio da FTA – Força Tática de Apoio do 13ª Batalhão de Policia Militar de Tauá, prenderam no inicio da noite de ontem, quarta-feira (4), um trio suspeito de praticar vários assaltos em Catarina e região. Eles são suspeitos de terem praticado o assalto a agência dos Correios de Catarina na última terça-feira (3) e contra a loja Moveletro nesta quarta-feira (4). 
Minutos após o assalto a loja Moveletro, a Policia Militar local conseguiu apreender a moto que teria sido utilizada pela dupla no assalto. De acordo com informações da Policia Militar de Catarina, os suspeitos foram presos em uma pousada em Catarina e com eles foram encontrados um revólver calibre 38, drogas e dinheiro. Todo material apreendido foi encaminhados à 14ª Delegacia de Policia Civil de Tauá juntamente com os suspeitos para serem ouvidos pelo delegado.
Por Diomar Araujo

ACOPIARA-CE: JOVEM É ASSASSINADA BRUTALMENTE NA TERRA DO LAVRADOR

QUINTA-FEIRA, 05 DE MAIO
A vítima foi a jovem Karina Firmino, 21 anos, foi alvejada com vários disparos de arma de fogo quando chegava em casa numa motocicleta na noite de quarta feira (04), em Acopiara, socorrida em estado grave ao hospital municipal Júlia Barreto. Após os primeiros procedimentos a garota foi transferida para o Hospital Regional de Iguatu, não resistindo aos procedimentos cirúrgicos e morre na madrugada de hoje (05).
- Ontem por volta das 22 h, Karina chegava em casa quando foi alvejada por vários disparos de arma de fogo, levada ás pressas ao Hospital Júlia Barreto.
- Por ironia, a imprensa, autoridades da região, políticos de Acopiara, estavam em uma reunião no Liceu da cidade, com o Presidente da FCDL, Francisco Freitas Cordeiro, o Presidente da CDL local, José Leite, discutindo exatamente uma solução, para a violência na terra do lavrador, quando aconteceu o fato, deixando todos atônitos. Infelizmente a jovem foi barbaramente assassinada por covardes. Estamos aguardando mais informações da polícia. Aguardem...

Comissão do Impeachment – Questão de ordem tumultua a apresentação do parecer

“Uma questão de ordem apresentada pelo senador Lindbergh Farias (PT-RJ) na Comissão Especial do Impeachment do Senado provocou tumulto e discussão logo após a abertura dos trabalhos desta quarta-feira (4). O senador comparou atos praticados pelo relator do processo, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), no governo de Minas Gerais com as práticas que motivaram o pedido de impedimento da presidenta Dilma Rousseff.
“Anastasia editou 55 decretos para abertura de crédito suplementar. A única diferença entre a presidenta Dilma e o relator é o número de decretos”, afirmou. O senador petista informou que a lei orçamentária de Minas Gerais em 2011 limitava a 10% a parcela permitida para abertura desses créditos. Anastasia foi autor de uma proposta para ampliar o limitador para 18,5%. Segundo Lindbergh, os 55 decretos citados foram editados entre a proposta e a aprovação do novo limite.
O relator respondeu dizendo que respeita os motivos de Lindbergh para apresentar sua questão de ordem, mas esclareceu que a lei mineira é diferente da lei federal nesse aspecto. “A lei estadual mineira, ao contrário da lei federal, autorizou – e isso é uma lei antiga do estado –, permite que as alterações sejam feitas fora do limite”, acrescentou.
O fato de Anastasia também pertencer ao PSDB, partido que apoiou a representação contra Dilma, foi outro argumento para tentar afastá-lo da relatoria. Mais de cinco questões de ordem com o mesmo objetivo foram apresentadas por aliados do governo desde que a comissão foi instalada, no dia 26, com a aprovação do nome de Anastasia para a função. Todas foram negadas pelo presidente do colegiado, Raimundo Lira (PMDB-PB). “Não há previsão em lei que impeça Anastasia de exercer a função”, repetiu hoje Riamundo Lira.
Contrapondo os argumentos do petista, o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) destacou que os senadores do PT têm fixação no relator. Ao citar o artigo 36 da Lei do Impeachment (1079/50), o senador defendeu que Anastasia preenche todas as condições morais e políticas para a função.
Outros senadores também se queixaram da questão de ordem apresentada por Lindbergh por considerarem que não são as contas mineiras que estão em questão, mas sim as do governo federal. As discussões em torno de questionamentos apresentados pela base aliada já atrasa a leitura do parecer de Anastasia em mais de uma hora.”
(Agência Brasil)

Bancários do Ceará farão ato de repúdio a Jair Bolsonaro

jair-bolsonaro-racista
NAZISTA...COM TODAS AS LETRAS!
O Sindicato dos Bancários do Ceará vai promover, nesta sexta-feira, às 19 horas, em sua sede, um ato contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PTB/RJ). O parlamentar chocou a sociedade brasileira quando homenageou um dos mais ferrenhos torturadores da ditadura militar – o Coronel Ustra, na Câmara, no último dia 17, quando votou pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.
O Coronel Ustra foi responsável pelo período de tortura vivido pela presidente Dilma Rousseff e mais dezenas de outras vítimas, quando ela militava nos anos 1960 contra o regime militar no Pais.
O ato dos bancários foi intitulado “Não Vamos Esquecer. Não Vamos Deixar Acontecer” e virá como resposta, segundo a entidade, à postura de intolerância e ódio pregada pelo parlamentar. No evento, a participação de pessoas que foram torturadas durante a ditadura militar, que darão seus depoimentos e alertarão para que essas atrocidades não voltem a acontecer.

Também nesse ato, será entregue uma queixa crime contra o deputado à Procuradoria da República cobrando providências “contra as posturas preconceituosas e fascistas” de Jair Bolsonaro.

ACOPIARA-CE: BANDIDO DE ALTA PERICULOSIDADE É CAPTURADO



O policiamento de Acopiara agiu rápido e conseguiu prender um homem acusado de vários furtos no município. 
Ele foi identificado como Claudio Assis Alves Silva, 27 anos. O meliante é o principal acusado de ter furtado a bolsa da filha do vereador Lindomar Rodrigues e de um roubo registrado na casa do agricultor Bastos.
A delegada de polícia Civil, Dra. Patrícia Sena, abriu inquérito e deve mandar o meliante para o presídio após ele ser ouvido. A polícia não descarta o seu envolvimento em outros delitos Brasil afora.
Blog do Lindomar Rodrigues

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...